Cerveja Petra

Lúpulo patrimônio da Unesco

O lúpulo vermelho é a base da prosperidade da cidade tcheca de Zatec, cuja arquitetura e economia ficaram marcadas pelo cultivo dele. Por isso, a prefeita Zdenka Hamousová indicou Zatec para entrar na lista de cidades patrimônio da Unesco.

A pequena Zatec, de 19 mil habitantes e situada a 85 quilômetros de Praga, tem uma história que remonta ao século 6. Em janeiro do próximo ano o Icomos (Conselho Internacional de Monumentos e Sítios) vai se pronunciar sobre a questão.

A população local reconhece a importância do lúpulo no desenvolvimento da cidade, até se transformar em seu símbolo. Com o passar dos anos, Zatec se tornou uma marca do lúpulo vermelho e um padrão de qualidade mundial do produto.

Para armazenamento e tratamento do lúpulo foram criados grandes edifícios na cidade. Nos últimos dez anos projetos urbanísticos passaram a renovar os locais mais ameaçados e danificados na zona de proteção patrimonial. Isso está sendo feito para que se entenda a importância do lúpulo.

Zatec tem ainda o Museu do Lúpulo, o maior do mundo no seu gênero, e o Templo do Lúpulo, uma espécie de taberna rústica onde é possível degustar cervejas preparadas com o lúpulo vermelho.

Embora a República Tcheca já tenha sido líder do setor, o país atualmente ocupa o terceiro lugar no ranking de produção de lúpulo em nível mundial, atrás de Estados Unidos e Alemanha, e exporta 80% de sua produção, especialmente para Rússia e Japão.

Cerveja Petra

Petra é uma cerveja que respeita à tradição das melhores escolas cervejeiras mundiais.

Tagueado com:

Comentários (0)

Publicar Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.