Cerveja Petra

Métodos para medir a cor da cerveja

Foi em 1883 que surgiu a primeira proposta para se medir a cor da cerveja, uma ideia do cervejeiro inglês Joseph Williams Lovibond. Ele criou um aparelho chamado colorímetro, que tinha a capacidade de medir o quanto cada cerveja conseguia absorver de luz. O colorímetro servia também para medir a cor de outros alimentos.

Dessa forma, descobrimos que uma cerveja escura absorve uma quantidade de luz maior do que uma cerveja amarela. Essa quantidade de luz absorvida é chamada de absorbância, e foi relacionada com uma escala numérica denominada escala Lovibond (°L). Mas o colorímetro tinha uma deficiência: ele não conseguia diferenciar cores mais escuras, e isso o tornava impreciso.

Em 1940 foi criado um novo equipamento, oespectrofotômetro, que fazia uma melhor diferenciação das cores e, por isso, se tornou o método oficial para se determinar a cor da cerveja. Em 1950 a American Society of Brewing Chemists

criou uma nova escala chamada Standard Reference Method (SRM). Paralelamente, foi criado o sistema EBC (European Brewing Convention), que também utiliza o espectrofotômetro para medir a cor.

O espectrofotômetro funciona da seguinte forma: primeiro é colocada a amostra de cerveja em uma cubeta de vidro. Depois, o aparelho emite um feixe de luz sobre a amostra, com comprimento de onda de 430nm. Dependendo do quanto de luz consegue atravessar a cubeta, o espectrofotômetro expõe um resultado. A partir daí, é feita a conversão para as escalas EBC ou SRM.

Cerveja Petra

Petra é uma cerveja que respeita à tradição das melhores escolas cervejeiras mundiais.

Comentários (0)

Publicar Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.