Cerveja Petra

Saiba mais sobre os variados lúpulos

Como já vimos aqui existem mais de 100 variedades de lúpulo. Cada uma tem perfil próprio, assim como é usada para uma função específica na fabricação da cerveja. Vamos descobrir mais alguns lúpulos que tornam as cervejas únicas e especiais.

Cluster: originário dos Estados Unidos e da Austrália, esse lúpulo tem o formato pequeno e o aroma apimentado. Seu uso na fabricação da cerveja traz boa presença de amargor, sendo que a versão australiana tem um aroma diferenciado. Contém 5,5 – 8,5% de ácidos alfa.

Eroica: de origem americana, é considerado um bom lúpulo de amargor, com ácidos alfa de 12 – 14%.

Galena: esse lúpulo americano é forte, e o mais usado comercialmente nos Estados Unidos para dar amargor às cervejas. Possui entre 12 – 14% de ácidos alfa.

Northern Brewer: um lúpulo versátil, que tem seu perfil afetado de acordo com a região onde cresce. Tem origem no Reino Unido, nos Estados Unidos e na Alemanha, onde é chamado de Hallertauer NB. Possui aroma fino, amargor característico e entre 7 – 10% de ácidos alfa. É usado em uma grande variedade de cervejas.

Com informações do site Brejeiros

Cerveja Petra

Petra é uma cerveja que respeita à tradição das melhores escolas cervejeiras mundiais.

Comentários (0)

Publicar Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.