Cerveja Petra

Quando a cevada vira malte

Antes de se tornar malte, a cevada é classificada e testada, e só depois germinada para se transformar naquele que é a alma da cerveja. A aplicação de um reagente indica o percentual de germinação da cevada.

Para ser usada na fabricação da cerveja, a cevada deve ter um teor mínimo de 95% de germinação. A análise é feita por meio de amostras de cada lote e entregue a laboratórios que avaliam a germinação.

Depois de testados, os grãos são depositados em um ambiente onde a umidade e a temperatura são controladas. Neste local, depois de cerca de quatro dias, começam a germinar.

Quando os grãos brotam, esse processo é interrompido para que sejam secos ou torrados. É quando passam a ter características específicas que definem o tipo de malte (caramelo, café, chocolate, e outros).

Após todo esse processo, a cevada já é malte e poderá ser um dos ingredientes fundamentais da cerveja.15

Fonte: site Uol Economia

Cerveja Petra

Petra é uma cerveja que respeita à tradição das melhores escolas cervejeiras mundiais.

Comentários (0)

Publicar Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.